Regras para fazer compras (e poupar) nos supermercados

Será que estás a deitar dinheiro fora simplesmente porque fazes as compras de forma errada?

A despesa em supermercado representa uma grande parte do orçamento familiar, no entanto poucas pessoas têm regras para fazer compras.

Deixo aqui algumas regras que devem ser seguidas quando vamos fazer compras.

1. Fazer a lista de compras em casa.

Parece absurdo ir às compras sem saber o que comprar, mas esta é ainda uma Resultado de imagem para lista de comprarealidade.  Sabes o que precisas? Sabes o que tens em casa? Se a resposta é não, então pára de imediato e não entres num supermercado.

Devemos ganhar o hábito de planear as compras em casa. No supermercado não se tomam decisões porque o plano de compras já está definido. O planeamento antecipado evita a compra de produtos que não precisamos ou por impulso e ainda poupa tempo nas idas ao supermercado.

2. Organizar a lista por categorias

Devemos ter a lista de compras organizada, agrupando produtos que ficam próximos uns dos outros. Além proporcionar uma ida às compras mais rápida e agradável, evitam-se as compras por impulso quando já estamos saturados de andar para trás e para a frente.

3. Comparar preços.

Fazer uma pesquisa de preços antes de decidir onde efetuar as compras. As lojas cada vez mais competem umas com as outras com campanhas de promoções e descontos. Vê onde as tuas compras podem ficar mais baratas.

4. Evitar fazer compras com o supermercado cheio de clientes.Resultado de imagem para crowded supermarket

A confusão e o excesso de pessoas, além de fazer perder tempo, criam um falso “sentimento de urgência”. Pessoas nervosas e apressadas têm tendência a comprar por impulso e a levar mais do que o necessário, simplesmente porque as prateleiras estão mais vazias.

5. Ter cuidado com as “zonas promocionais”.

Alguns supermercados colocam no corredor de entrada prateleiras com artigos em promoção. Evita pegar em artigos desta zona, a menos que seja o que pretendes mesmo comprar. É preferível ir à secção do artigo e comparar com os restantes da mesma gama. É muito comum encontrar artigos ainda mais baratos do que o que está em promoção.

6. Atenção ao prazo de validade dos produtos.

É normal que produtos em fim de validade sejam colocados em promoção para serem vendidos mais rapidamente. Embora esta seja uma prática justa para o consumidor, pode ser um desperdício de dinheiro para algumas pessoas menos atentas. Comprar barato para depois não consumir porque expirou o prazo de validade, é a mesma coisa que deitar o dinheiro ao lixo.

7. Verificar se a descrição do artigo coincide com a marcação da prateleira.

Os preços dos artigos em promoção são muitas vezes colocados de forma a serem confundidos com artigos que não estão em promoção. Tenho até verificado que os preços de alguns artigos que não estão em promoção, são, oportunamente, esquecidos.

8. Verifica os preços ao passar na registadora.

Por vezes acontece de o preço marcado do artigo ser diferente do que passa na registadora. Infelizmente, o normal é sair com prejuízo para o consumidor. Verifica sempre os preços e, se for preciso, o funcionário da caixa chama um assistente para ir conferir o valor à prateleira do artigo.

 

 

 

 

 

 

Deixar uma resposta